Uma equação chamada Social Commerce

O Social Commerce, conceito que mescla as Redes Sociais no Ecommerce, tem se mostrado cada vez mais eficaz em muitos casos. É uma forma nova e estimulante de trazer/levar pessaoas até a loja.

As redes sociais potencializaram as possibilidades de busca de informação e influência geradas pelos usuários. Nelas, as pessoas publicam conteúdos diversos, inclusive referências a marcas e produtos e interagem para descobrir novidades e opiniões de seus players sobre o que estão buscando.

Do ponto de vista do consumidor, as vantagens são grandes: economia de tempo, troca de experiência, redução do risco de compra inadequada, soluções baseadas em interesses comuns, aumento do poder de negociação e um relacionamento mais próximo com os fabricantes.

Já pelo lado das empresas, muitas ainda resistem a essa interação, por receio, que deve ser superado, pois quando se consegue estabelecer uma conversa com seu público, criar um vínculo, abre-se um leque de possibilidades. Claro, essa nova possibilidade dá muito mais trabalho, não é propaganda, nem divulgação, é puro relacionamento. Porém, seu cliente fica mais satisfeito e sua empresa lucra mais.

Uma rede social que devemos prestar muita atenção nos próximos meses é o Facebook, que com sua plataforma de código aberto, permite diversas possibilidades, que estão sendo aos poucos liberadas para o Brasil. Já existem cases no exterior de lojas virtuais desenvolvidas dentro do próprio Facebook.

Com a flexibilidade de integração do iPAGARE utilizando a tecnologia Webservice XML e recursos como Cofre e Cobrança Recorrente, fica fácil preparar seu negócio para esse novo canal.

Fonte: Cidade do Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>